DANÇAY: A cada fato, uma música

Thiago Conceição
alx_dilma-temer-20151124-0005_original
#pracegover Michel Temer parece preocupado e olha pra cima. Parece pedir algo aos céus.
Sim, o cenário político brasileiro é uma eterna “arena” de singles variados. Tudo acontece de acordo com a música que é “tocada” dentro deste imenso Ágora.
O espetáculo midiático colocou o povo em dois lados e os DJs canarinhos e vermelhos tocaram a música. Aqui, vamos trazer cinco fatos políticos e suas respectivas músicas. É o nosso #ÁgoraMusic:
1. Um ano de Michel Temer
É pessoal, o nosso mordomo do Conde Drácu… ops, presidente da república Michel Temer, completa nesta sexta-feira, 12, um ano à frente do maior cargo do poder executivo do país. Após o afastamento ainda temporário da presidente eleita Dilma Rousseff, este Srº assumiu o cargo de mandatário do país em 12 de maio de 2016. Muita coisa mudou de lá pra cá. A chibata comeu no centro e no lombo do trabalhador, e estamos prestes a trabalharmos até ir pra cova e não receber a aposentadoria. Programas sociais e educacionais foram encolhidos, e entre outras peripécias deste pequeno ancião e suas concubinas.
Os canarinhos esconderam as panelas e de lá pra cá é silêncio total. Mas, no fundo, essa galera deve saber que não se pode estar certo o tempo inteiro. Para consolá-los deixo aqui a música “Você não presta”, de Amado Batista. Parabéns, Temer!
2. Lula como réu em cinco processos
O ex-presidente Lula se tornou réu desde 2016 em cinco processos nas operações: Lava-Jato, Zelotes e Janus. Como ele já passou a cota de “músicas no Fantástico”  (fazendo referência a jogadores de futebol que, quando fazem três gols em uma partida, pedem música no dominical da Globo) aqui no AQTG a gente não perde mais tempo e deixa “Eye Of The Tiger” de Survivor para este momento do petista. Aliás, poderia ser a trilha sonora do encontro com o presidente de Curitiba, Sérgio Moro da última quarta-feira, 10.
3. Reforma da Previdência Social
E, aproveitando o gancho da reforma da previdência, vamos falar sobre esse famigerado assunto. Os ratos da piscina querem que o povo contribua por 40 anos ou mais para receber a aposentadoria completa. A idade mínima para se aposentar é de 62 anos para mulheres e 65 anos para homens. O engraçado é que em vários países a previdência social dá lucro. No Brasil, dá prejuízo. Não vamos acreditar que todo esse dinheiro está indo para o pote de ouro no fim do arco íris como se fala nas histórias infantis. Como não somos crianças e sabemos que o pato (sim, aquele amarelão das manifestações canarinhas) quem vai pagar somos nós. Sobre a reforma da previdência que está prestes a ser aprovada, a música “Lá vem o pato” de Toquinho, cabe muito bem para o momento.
4. Reforma Trabalhista
Ah… A reforma trabalhista. Se não já bastasse termos que trabalhar até ir pra cova, querem nos matar o mais rápido possível. Simplesmente serão 12 horas diárias de trabalhos, sendo no mês, 220 horas mensais. Mas, a coisa está emperrando no Senado Federal. Renan Calheiros (PMDB), está prestes a rachar totalmente com o Planalto e se reaproximar dos petistas, com foco nas eleições de 2018. Com total poder de influência na casa legislativa, o político de Alagoas pode ser o calcanhar de Aquiles do governo.
Temer já declarou que deve “afrouxar” um pouco mais as novas regras para que o projeto passe pelo Senado. No fim dessa história, só o povo brasileiro é que vai ter que viver um verdadeiro The Walking Dead, para lá na frente conseguir se aposentar. Sobre esse dilema a música que bem retrata esse momento é um clássico: “Que país é esse” da banda Legião Urbana.
5. A Dilma apareceu!
Olha ela! Sim! A presidente eleita, Dilma Rousseff, apareceu em um ato público promovido por centrais sindicais e movimentos sociais em defesa do ex-presidente Lula na última quarta-feira, 10, na república de Curitiba. Muitos achavam que ela ficaria escondida no bairro Tristeza, em Porto Alegre, no Rio Grande do Sul.
Resultado de imagem para ato politico depoimento moro lula dilma
Giuliano Gomes | PRPress | Reprodução
Mas, ela colocou a “cara no sol”, ops… na lua, (já era de noite quando o ato começou). Ela jamais será esquecida. Uma mamãe já tanto nos aqueceu o coração. Aproveitando que está chegando o dia das mães, para encerrar o #ÁgoraMusic deixarei aqui a música “Mamãe”, interpretada por Ângela Maria e Agnaldo Timóteo.

 

 

Sobre o DANÇAY:
Quem um dia imaginou que os movimentos do corpo poderiam ser representações políticas da sociedade ou expressar os tremores e as felicidades da alma? Quem um dia já pensou que braços, pernas e cabeças movendo-se em sincronia ao som dos mais diversos ritmos formariam espetáculos visuais e arrancariam lágrimas de quem assiste? Maio é o mês da dança e o AQTG te convida para bailar até o final da semana com textos que tratam desse assunto em diferentes perspectivas. Lembre-se que você pode ser seu próprio par, ou nós lhe faremos companhia, mas se ainda assim não lhe parecermos bons pés de valsa, há sempre espaço para um solo. Também não precisa aprender coreografia, desfrute desse dançante especial com energia e sinta-se à vontade para comentar, sugerir e criticar no próprio blog ou nas nossas redes sociais, o que importa é dançar, afinal de contas, quem não dança, dança!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s