“Um belo dia resolvi mudar…” Ou não.

dsfhweifh.jpg

#pracegover modelo plus size com um belo biquini preto e xale.

We Heart It | Reprodução

Vamos falar de corpo? Yes, baby, vamos falar do nosso corpo, ou melhor, do nosso olhar sobre ele. Em alguns textos meus atrás, comentei que essa era uma dificuldade e tanto na minha vida. Me via nessa maluquice de “nem gorda nem magra”, com coluna torta (tenho escoliose) e estômago alto, além de meu pé grande, rosto marcado e sorriso sem um dente (uso prótese e odeio). Bem, independente de quais sejam seus motivos para não se curtir, um dica: para. Para agora.

“Fácil falar”, não é mesmo? Pois é, foi o que sempre disse a mim mesma quando chegavam com os incríveis argumentos de “ah, você é linda do seu jeito”, “se aceite”… Sou do tipo de pessoa a qual esse tipo de persuasão “vaga” não me atinge diretamente. Afinal, ao mesmo tempo que se ouve essas coisas, também ouve dizer que tal roupa ficaria melhor se fosse mais magra, que meu olho grande não combina bem com delineado e minhas coxas são muito grossas pra um shortinho. 

Mas não é que me convenci a me aceitar? Ou melhor, ainda me convenço aos pouquinhos todo dia. Qual a fórmula? Mude o que quiser e puder mudar, mas faça por você. Comecei a me tratar dermatologicamente e a buscar novos estilos por mim, ou você acha mesmo que decidir pintar o cabelo e fazer uma tatuagem foi algo bem aceito por todos? Ah! O que não puder, não quiser ou você estiver em dúvida se quer ou não mudar, não faça. Você é incrível demais pra ser padronizada.

Sim, foram esses pensamentos que me fizeram decidir fazer algo por mim. Um psicólogo que conheço (meu fofo e lindo paizinho) certa vez me disse: as pessoas não querem emagrecer, querem ser emagrecidas. Apenas uma outra maneira de dizer: só você pode fazer algo por si mesmo. E não precisa ser algo drástico não, começar a usar aquelas roupas que sempre quis mas não usava porque achava seu corpo isso ou aquilo é um excelente começo. Sempre haverão pessoas a te olhar feio, mas vai perceber que também existem aquelas que acharão lindo e te usarão como modelo.

Sim! Outra dica lindíssima veio de um filme chamado “Histórias Cruzadas”, em que a personagem encoraja uma criança dizendo a ela: você é boa, você é esperta, você é importante. Fale isso na frente do espelho assim que terminar de se arrumar pra qualquer lugar, acreditando mesmo em cada palavra, afinal há coisas que irradiam sua beleza muito mais que qualquer padrão. Palavras movem mundos! Você não faz ideia do que são capazes de fazer. 

tumblr_m9l9do1yIS1rx6ac4o1_500.gif

Por fim, aqui vai um desafio. Use aquela roupa que não teve coragem de usar, aposte naquela make que disseram ser “pesada demais pra você”, desfile andando na rua, sorria pras pessoas e mantenha a cabeça erguida ao caminhar. No início vai se achar estranha mesma, como se algo estivesse errado, mas te garanto que está tudo mais do que certo. E, pouco a pouco, essa nova rotina vai se tornar “tão natural quanto a luz do dia”… A partir daí, vai querer se desafiar mais, experimentar mais. Vai por mim, sei do que estou falando. Essa é apenas a história da minha vida.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s